8 de janeiro - sábado depois da Epifania

publicado em 07-01-2022

download806Leia: Jo 3, 22-30 - “O amigo do esposo sente muita alegria ao ouvir a sua voz.”

A imagem das núpcias é muito tradicional na Sagrada Escritura para significar a união íntima entre Deus e o seu povo. João Baptista compreendeu muito bem que era precisamente Jesus quem vinha estabelecer essa aliança de amor. Jesus, é Ele o noivo; João era apenas o ser Precursor. Por isso, João não só não se incomoda com a presença de Jesus, mas, até ao contrário, se alegra com ela, e dispõe-se a desaparecer para que o Senhor cresça, enquanto ele diminui.

Amigo Jesus,

ajuda-me a ter a capacidade de João,

de me diminuir para que Tu cresças na minha vida,

que não queira as coisas à minha medida,

mas compreenda a Tua medida!

Newsletter

Receba as novidades da Paróquia do Candal no sua caixa de correio. Indique o seu email aqui:

Partilha

todas as partilhas »