Hoje Rezo

Todos os dias partilharemos uma oração para ajudar a rezar.

15 de dezembro - sábado da II Semana do Advento

14-12-2018 :: ::

cq5damthumbnailcropped750422Leia: Mt 17, 10-13 - “Elias há-de vir para restaurar todas as coisas.”

Quando somos crianças, ingénuos, julgamos que tudo se pode compor… Cresce a idade e diminui o optimismo. A memória dos profetas,Elias, João Baptista, está aí para acender de novo o desejo de uma vida restaurada: relações reatadas, a coragem de dar os primeiros passos da reconciliação, a energia para romper cadeias..

Dizem-me tantas vezes que rezar-Te não serve de nada.

E, às vezes, sinto isso mesmo.

Mas também descubro que quando estou conTigo,

tenho menos medo, menos vergonha.

Quando deixo que Tu me olhes,

cresce em mim o desejo que as coisas sejam melhores:

no mundo, na minha família, dentro do meu coração.

Quando estou conTigo sinto como meu o teu desejo:

que esta terra seja uma civilização do amor,

que este planeta seja casa para todos.

14 de dezembro - 6ª feira da II Semana do Advento

14-12-2018 :: ::

images120Leia: Sl 1 - “O caminho dos pecadores leva à perdição.”

Esta frase e tantas outras, estão escritas na Bíblia. Sendo gente de fé, é suposto acreditarmos que elas são verdadeiras. Mas… se é verdade, não parece! A experiência de tantos de nós é o contrário. É tão mais fácil esquecer a justiça e a honestidade; é tão compensador deixar cair os valores e cuidar apenas de si; é tão cómodo esquecer tudo: os compromissos, os sonhos, filhos, esposos, Deus…

Ando tão convencido que sou boa pessoa,

que vivo uma vida digna,

que este teu apelo à mudança, me deixa incomodado.

Não tenho dificuldade em encontrar desculpas

e é muito fácil calar esta tua Palavra.

E, contudo, eu sei que Tu me amas sempre.

E porque me amas, dizes-me:

“assim não vais a lado nenhum!”,

“está na hora de mudar de vida e de caminho.”

13 de dezembro - 5ª feira da II Semana do Advento

12-12-2018 :: ::

fotografia-8Leia: Is 41, 13-20- “Não temas, Eu venho em teu auxílio.”

O contrário da fé não é desacreditar em Deus: é não acreditar que Ele faça diferença. É continuar dominado pelos nossos medos. Nestes dias de Advento vale a pena pensar a sério: sentes mesmo que Deus quer entrar na tua vida? Desejas com intensidade esse encontro libertador?

Aqui estou, com gosto, junto de Ti.

Sei que Tu vens, mesmo se eu já não Te espero.

Vem com força para mudar tantas coisas dentro de mim.

Vem com a tua luz suave para me ensinar a ver com olhos novos.

Vem com o teu abraço libertar-me dos meus medos e fantasmas.

12 de dezembro - 4ª feira da II Semana do Advento

11-12-2018 :: ::

presepio_imagemLeia: Is 40, 25-31 - “… os que esperam no Senhor… formam asas como as águias.”

É possível tentar algo de novo e grande? Ainda podemos levanta o olhar para a manhã com prazer? Ainda é sensato acreditar que o amor resiste à corrosão do tempo? Serei capaz de voar ou faço melhor em resignar-me ao rastejar?

Tu olhaste para mim

e acendeste cá dentro o desejo de voar mais alto.

Ainda me desculpei com o peso dos anos

e a mediocridade preguiçosa…

Até que percebi que me deste asas.

Olhaste para mim

e recordaste-me que a minha casa é o Céu.

11 de dezembro - 3ª feira da II Semana do Advento

10-12-2018 :: ::

presepioLeia: Mt 18, 12-14 - “Se um homem tiver cem ovelhas e uma delas se tresmalhar…”

Já Fernando Pessoa dizia que Jesus Cristo não sabia nada de finanças… Ainda bem! Deus funciona com uma contabilidade diferente da nossa. E nas contas de Deus, eu, na minha pequenez e nos meus passos tresmalhados, valho o suficiente para que Ele venha à minha procura. Ainda bem que Deus faz contas com o coração e não com a calculadora.

É em Ti, Deus de coração terno,

que aprendo a apostar na esperança.

Se estás disposto a perder o teu tempo comigo

e com as outras ovelhas que, por tolices, nós tresmalhámos,

então ainda arrisco acreditar

que a minha vida pode ser melhor.

Que pode ser como Tu e eu a sonhámos e desejamos.

10 de dezembro - 2ª feira da II Semana do Advento

10-12-2018 :: ::

presepio-8Leia: Is 35, 1-10 - “Abrir-se-ão os olhos dos cegos e os ouvidos dos surdos.”

Deus faz promessas grandiosas. Mas tem sentido acreditar nelas? Não serão uma fábula que se conta às criancinhas para elas se portarem bem? Quando a vida te foi madrasta, ou quando aceitas sentir como tuas as dores daqueles que nem à vida têm direito, ainda consegues apostar na esperança?

Não sei o que aí vem.

Tu não me deste os detalhes do dia de amanhã.

Mas sei que Tu não queres que a minha vida seja vazia

Tu és o meu futuro e em Ti,o presente,

por muito duro que seja torna-se vivível.

Não sei quando nem como chegarão

os tempos do “leite e mel”

mas sei que Tu estás aí. Já!

E isso faz com que a vida mude! Agora.

9 de dezembro - II Domingo do Advento

09-12-2018 :: ::

movil_2_domingoLeia: Lc 3, 1-6 - “E João pegou um baptismo de penitência ara a emissão dos pecados.”

“Penitência”, “pecados” e outras coisas que tais estão fora de moda. Nem é de bom-tom falar ou pensar em coisas dessas. E, contudo, o caminho para o Natal é sempre amparado por esta voz dissonante de João Baptista. Voz honesta que anuncia a urgência de mudar de rota. Voz alegre e esperançosa que nos oferece a conversão mais como dom do que como esforço.

Obrigado, Deus do perdão e da novidade,

pela voz e pela vida de João Baptista

e de todos os homens e mulheres que,

em teu nome, me convidam à conversão.

Obrigado pelo teu convite,

pela tua insistência e por acenderes em mim

o desejo e a convicção que,

em Ti, posso mudar, ser mais e melhor.

8 de dezembro - Solenidade da Imaculada Conceição

08-12-2018 :: ::

images119Leia: Ef 1, 3-6. 11-12 - “Em Cristo, Deus nos escolheu para sermos santos e irrepreensíveis, em amor…”

É bom parar neste dia feriado para lembrar o óbvio: que Deus nos sonha bem maiores e melhores do que julgamos. Ao recordar Maria de Nazaré, senhora do Sim, podemos ver os homens e mulheres que Deus deseja: gente de voos altos e amor generoso.

Deus terno e generoso,

és Tu que me chamas e escolhes

para crescer no amor e no serviço constante

aos que colocas no meu caminho.

É o teu Espírito Criador

que me dá a energia e a coragem para, como Maria,

moldar um futuro mais alegre e luminoso.

7 de dezembro - 6ª feira da I Semana do Advento

06-12-2018 :: ::

presepio-natal-header-860x507Leia: Sl 26 - “Confia no Senhor.”

Alguns confiam nos milhares que têm na conta bancária. Outros, na aparência e no poder das máscaras que usam. Outros não confiam em nada nem em ninguém. Onde poderei aprender a enfrentar cada dia sem medo, sem desânimo, sem amargura?

Cristo Jesus,

quando tudo é escuridão e me sinto fraco e incapaz

faz-Te sentir como presença, amor e força.

Faz-me confiar na protecção do teu amor

e na coragem que vem do teu poder.

6 de dezembro - 5ª feira da I Semana do Advento

05-12-2018 :: ::

956917235_1_261x203_prespio-de-natal-em-pedra-e-rocha-novo-loja-do-gato-preto-moitaLeia: Mt 7, 21.24-27 - “Caiu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos contra aquela casa, mas ela não caiu porque estava fundada sobe a rocha.”

Nada é sólido, hoje. As palavras dos politicos voam ao sabor do vento. Para cada verdade de alguém, logo surge outra voz afirmando o contrário. As promessas de amor dos apaixonados enferrujam antes de passar a chuva do Inverno. O chão sólido torna-se líquido.

Sem enfiar a cabeça na areia,

sem me refugiar em fórmulas vazias,

acredito sinceramente que a tua Palavra

é luz contra o caos,

é coragem contra o desânimo,

é Norte no meio da confusão e da dúvida.

Acredito que sobre a Palavra que és Tu

poderei construir a casa da minha vida.

5 de dezembro - 4ª feira da I Semana do Advento

04-12-2018 :: ::

presepio-4Leia: Mt 15, 29-37 - “Todos comeram até ficarem saciados.”

É uma história que se repete várias vezes na vida de Jesus: Jesus, lúcido, vê a doença, a dor, a fome da multidão; pede a ajuda dos seus amigos e companheiros. E do pouco que eles têm para oferecer, antecipa a Eucaristia, e transforma a carência em abundância. É uma história que se repete em cada Eucaristia. Em cada dia.

Nas tuas mãos, Senhor,

coloco o pouco que sou:

fé frágil, energia débil, mais perguntas que certezas.

A Ti, tudo entrego,

na confiança e na esperança

que Tu queres tornar o meu pouco

em alimento abundante para os meus irmãos.

4 de dezembro - 3ª feira da I Semana do Advento

03-12-2018 :: ::

presepio-3Leia: Sl 71 (72) - “Terá compaixão dos fracos e oprimidos…”

Deus não é surdo aos gritos dos homens e mulheres que sofrem. Deus não vira a cara ao ver as nossas lágrimas. Deus não fica de mãos atadas sem nada fazer, diante deste mundo tão precisado de conserto.

Ao estar conTigo,

Deus de coração enorme e terno,

aprendo a sentir como Tu.

Tu, em mim, abafas a indiferença e o comodismo

diante da miséria e do sofrimento.

Ao viver de Ti e em Ti,

a dor dos homens e mulheres, teus filhos,

torna-se vocação: apelo que me fazes a ser,

para todos sinal e portador do teu amor.

Newsletter

Receba as novidades da Paróquia do Candal no sua caixa de correio. Indique o seu email aqui: