Hoje Rezo

Todos os dias partilharemos uma oração para ajudar a rezar.

13 de abril - 3ª feira da 2ª Semana da Páscoa

12-04-2021 :: ::

download598Leia: Act 4, 32-37 - “A multidão dos que abraçaram a fé tinha um só coração e uma só alma.”

Quando te deixas encontrar por Cristo vivo, quando a sua luz te ilumina e aquece o coração, começas a ver os outros que fazem a mesma experiência com outros olhos. Com mais ou menos dinheiro do que tu, nascidos na tua terra ou do outro lado do mundo, sentes-te unido a eles. Já não são “outros”: são família.

Somos a tua Igreja, Senhor Jesus.

Somos o povo que Tu chamas e reúnes à tua volta.

Às vezes, esquecemos que nascemos em Ti

e somos agressivos com quem é diferente

ou indiferentes a quem está ao nosso lado.

Mas a tua voz sempre nos acorda o coração:

Tu contas connosco para mostrar

a fraternidade em ação,

a solidariedade que se torna gesto concreto.

12 de abril - 2ª feira da 2ª Semana da Páscoa

11-04-2021 :: ::

download597Leia: Jo 3, 1-8 - “Quem não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus.”

Nicodemos vem ter com Jesus de noite, às escondidas, com medo. Jesus acolhe-o. Tem paciência com a sua fé hesitante. Mas diz claramente que se não mudar de atitude nunca experimentará a vida nova de uma fé plena.

Senhor,

torna-me disponível para a mudança.

Ajuda-me a superar todos os hábitos,

todas as feridas passadas

que me impedem de renascer em Ti,

de viver para Ti.

11 de abril - 2º Domingo da Páscoa

10-04-2021 :: ::

viento-del-resucitado-300x223Leia: Jo 20, 19-31 - “Os discípulos ficaram cheios de alegria ao verem o Senhor.”

No primeiro dia da semana, no domingo, os primeiros discípulos juntam-se e Jesus vem ao meio deles. Como acontece ainda hoje. Jesus entra e traz a sua paz. Ele vem, mesmo com as portas fechadas. Vem dar paz, mesmo quando ainda há dúvidas e egoísmos. Ele vem sempre aos que se juntam em comunidade. E traz sempre paz, alegria e entusiasmo.

Meu Senhor e meu Deus!

Vem,

mesmo se as minhas portas estiverem fechadas.

Vem trazer a tua paz e alegria à minha vida.

Abre o meu coração à tua presença

e à tua esperança.

10 de abril - sábado da oitava da Páscoa

10-04-2021 :: ::

download595Leia: Act 4, 13-21 - “Nós é que não podemos calar o que vimos e ouvimos.”

Quando encontras Jesus, a fé torna-se contagiosa. Há um impulso interior para partilhar a alegria e a plenitude que experimentamos. Alguns dos que te ouvem não entendem ou não aceitam. Apesar disso, nós não podemos calar o que vimos e ouvimos.

Senhor Jesus,

irmão e redentor:

que os meus gestos

digam a alegria da tua Páscoa.

Que as minhas palavras

semeiem esperança.

Que os meus valores e as minhas escolhas

testemunhem a força da tua Ressurreição.

9 de abril - 6ª feira da oitava da Páscoa

08-04-2021 :: ::

download594Leia: Jo 21, 1-14 - “Tendes alguma coisa que se coma? Não?! Lançai as redes para a direita do barco e encontrareis.”

Às vezes, é frustrante. Metemos toda a nossa energia, toda a boa vontade… e as coisas nem assim funcionam. Talvez nos falte seguir as instruções de Jesus: lançar as redes para o lado que Ele recomenda. É a sua presença, vivo no meio de nós, que faz a diferença, que torna uma noite trabalhosa e inútil numa rede cheia e abundante.

Senhor Jesus,

quando estou desiludido

ao ver as minhas redes vazias,

preciso de ouvir de novo a tua voz.

Diz-me para onde lançar as minhas redes.

Ilumina as minhas prioridades.

Aponta rumos para a minha vida.

8 de abril - 5ª feira da oitava da Páscoa

07-04-2021 :: ::

download593Leia: Lc 24, 35-48 - “…porque estais perturbados?… tocai-Me e vede!”

É mesmo verdade? É mesmo a sério, isto do evangelho e da ressurreição? Será que Deus venceu mesmo a morte? Ou tudo isso é apenas invenção dos nossos desejos? Se tiveres a coragem de te encontrares com Jesus ressuscitado, de O tocar, experimentarás a verdade.

Tu, Jesus, não és lembrança histórica.

És presença viva que Se deixa encontrar.

E neste encontro, deixas algo de Ti no nosso coração:

paz interior,

esperança corajosa,

amor criativo.

7 de abril - 4ª feira da oitava da Páscoa

06-04-2021 :: ::

download592Leia: Lc 24, 13-35 - “Contaram (…) como tinham reconhecido Jesus ao partir do pão…”

Onde podes, hoje, encontrar Jesus Ressuscitado? Está de moda dizer que tudo o que de importante acontece, nasce no coração ou na cabeça de cada um. Mas as verdades da fé são maiores do que a tua cabeça ou o teu coração. Os discípulos de Emaús, depois de estarem com Jesus, sentem a urgência de estar de novo com os outros discípulos. Em Igreja. E contam como foi na Eucaristia, ao partir do Pão, que reconheceram Jesus.

Estás aqui, Jesus, filho de Deus vivo,

vencedor contra a morte.

Acredito que vieste para nos salvar.

Estás aqui, presente na Eucaristia.

Por amor ficas connosco para sempre.

Tu abençoas os que Te visitam

e escutas o coração dos que Te adoram.

6 de abril - 3ª feira da oitava da Páscoa

05-04-2021 :: ::

images211Leia: Act 2, 36-41 - “Convertei-vos e peça cada um o baptismo em nome de Jesus Cristo, para a remissão dos seus pecados…”

Que fazer depois da maravilhosa vida de Jesus, da sua morte e ressurreição? Converter-se. Mudar. Abandonar o antigo estilo de viver. Aderir com entusiasmo à causa da Jesus. Ser baptizado. Aceitar, com e como Jesus, que a nossa identidade mais profunda é sermos filhos amados de Deus. Fazer a experiência que o mal que antes nos dominava, já não tem poder sobre nós.

Obrigado, Senhor da vida pelo meu baptismo.

Em teu nome, Pai criador, fui baptizado.

Em teu nome, Jesus salvador, fui lavado.

Em teu nome, Espírito de amor, fui purificado.

Obrigado, meu Deus, pela minha vida nova.

5 de abril - 2ª feira da oitava da Páscoa

05-04-2021 :: ::

download591Leia: Mt 28, 8-15 - “Não temais…”

Jesus ressuscitado está aí. A morte foi derrotada. Sentimos uma enorme sensação de alegria e de festa. Mas também de responsabilidade: agora, a minha vida, pode e deve ser diferente. Àquelas mulheres que O encontraram e a ti, Jesus vivo deixa palavras de coragem: fora com os medos, as hesitações e resistências. Se vives pela fé, já não precisas de ter medo.

Quero viver ao ritmo da luz,

da festa e da alegria

que Tu ofereces, Jesus vivo.

E quero contagiar os meus amigos

com essa energia.

Fica junto a mim.

quando a dúvida e o medo tentarem,

apoia-me com a luz forte e alegre da tua Páscoa.

4 de abril - Domingo de Páscoa

03-04-2021 :: ::

168400659_284949703039828_1227810153698723180_n-284x300Leia: Mc 16, 1-7 - “Procurais a Jesus de Nazaré, o Crucificado? Ressuscitou: não está aqui.”

É Páscoa! Uma excitação de vida nova mexe com a humanidade e a Criação. Hoje, estamos na fronteira entre o ontem e o futuro. Ontem, era o tempo da morte, do egoísmo, do pecado, das portas fechadas. Hoje, Deus diz a última palavra: A morte é vencida, os nossos corações são libertados do egoísmo e do pecado, para nós se abre o caminho do futuro e da esperança.

Nesta madrugada o mundo acorda diferente

e respiramos amor de novo.

Por isso Te louvamos, Deus da Ressurreição.

Aqui e agora,

a pedra foi removida e o túmulo está vazio.

Por isso Te louvamos, Deus da renovação.

Saiu a pedra e saiu o medo.

As trevas passaram e a luz brilha.

Por isso Te louvamos, ó Deus da vida.

3 de abril - Sábado Santo

02-04-2021 :: ::

O Senhor da vida está morto. A terra foi esvaziada do seu coração palpitante. O Senhor não está. Não há Eucaristia. O Senhor é sepultado, desce à mansão  dos mortos e levanta consigo todos os justos. a luz verdadeira desce às trevas para iluminar todos os que ansiavam por libertação.

Maria, mãe do Salvador

Senhora do Sábado Santo e virgem da esperança,

tu continuaste a acreditar

que a história começada no teu seio

não terminaria no sepulcro.

Maria, senhora da Páscoa,

ajuda-nos a remover o pedregulho

dos egoísmos e do pecado que fecha o nosso coração.

Contigo queremos acolher a luz sem ocaso

do teu Filho Crucificado e Ressuscitado.

Amen.

2 de abril - Sexta feira Santa

01-04-2021 :: ::

download590Leia: Jo 18, 1-19, 42 - “Quando tomou o vinagre, Jesus disse: «Tudo está consumado.» E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.”

Hoje, num dia de jejum, lembramos o poder da morte. Hoje contamos a história do que sucede a quem se opõe aos poderosos. Hoje narramos a traição dos amigos, o julgamento com sentença combinada, a execução cruel de Quem só quis ser fiel a Deus. Hoje, contamos uma história acontecida lá longe, há muito tempo. Hoje, contamos uma história que continua a acontecer hoje bem perto de nós.

Hoje, Jesus, quero lembrar, como morreste a morte na Cruz.

Ajuda-me a recordar até onde o teu amor estava disposto a ir…

que tendo amado os teus, os amaste até ao extremo…

que o amor maior é dar a vida pelos amigos…

que foi quando ainda Te éramos estranhos

Tu decidiste morrer por nós.

Hoje, quero recordar que Tu vives e reinas,

que o madeiro da cruz se tornou porta para a vida.

E ao recordar tudo isto

quero confiar mais na tua presença e no teu amor.

Newsletter

Receba as novidades da Paróquia do Candal no sua caixa de correio. Indique o seu email aqui: