Hoje Rezo

Todos os dias partilharemos uma oração para ajudar a rezar.

7 de dezembro - 4ª feira da 2ª Semana do Advento

06-12-2022 :: ::

download1007Leia: Mt 11, 28-30 - “Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei.”

Quando tudo se afunda, quando faz frio na família, quando a saúde é fraca, quando até a fé vacila… que posso ainda fazer? Desesperar? Bater com a cabeça na parede? Enrolar-me e chorar virado para a parede? Talvez… Ou, como uma planta enfraquecida, voltar-me para o Sol de Deus.

No meu caminho

de dúvidas e fracassos,

dobrado sob o peso

dos meus medos e fraquezas,

quase de surpresa,

encontro-Te, Deus da ternura.

E em Ti recupero a coragem,

a esperança,

as forças novas,

de que preciso para viver e crescer.

6 de dezembro - 3ª feira da 2ª Semana do Advento

05-12-2022 :: ::

como_consolar_a_alguien_que_esta_triste_6305_origLeia: Is 40, 1-11 - “Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus.”

Consolar é manter fora do desespero a cabeça e o coração dos que estão mergulhados no luto. É permanecer ao lado daqueles que estão presos em sofrimento e desolação. De que servem as decorações de Natal se não consolamos os pobres e frágeis que Deus ama?

Faz-Te presente na minha vida,

Deus da consolação!

Abraça-me e cura-me com a tua ternura.

E a esperança que acendes no meu coração

dará entusiasmo e energia aos meus braços

para consolar os meus irmãos.

5 de dezembro - 2ª feira da 2ª Semana do Advento

05-12-2022 :: ::

download1006Leia: Lc 5, 17-26 - “Eu te ordeno - disse Jesus ao paralítico - levanta-te, toma a tua enxerga e vai para casa.”

Um homem paralítico encontra-se com Jesus. Tem o corpo doente, mas também a alma. Mas Jesus, com a força e a ternura de Deus, vê para lá da doença e do pecado. E Jesus fala com força. E a sua palavra põe este homem de pé, devolve saúde ao corpo e reconciliação à alma.

Que venha o tempo, Senhor,

em que somos curados do medo que paralisa.

Que venha o tempo, Senhor,

em que nos reencontramos na fraternidade

e vivemos em diálogo e partilha.

Que venha o tempo, Senhor,

em que a terra dará frutos de justiça,

de amor e de paz.

Que venha o tempo, Senhor.

4 de dezembro - 2º Domingo do Advento

03-12-2022 :: ::

2c2aa-dom-advLeia: Mt 3, 1-12 - “Apareceu João Baptista a pregar no deserto da Judeia, dizendo: «Arrependei-vos, porque está perto o reino dos Céus.»”

Para encontrar a ternura de Deus que vem ao nosso encontro em Jesus, é preciso mudar de trajectória. É hora de arrependimento e mudança. Arrepende-te: troca a violência pela misericórdia. Arrepende-te: abre-te sinceramente à esperança. Arrepende-te: deixa de procurar miragens e abre os olhos para o Reino que está bem perto de ti.

Muda-me o coração, Senhor!

Faz-me desejar, acima de tudo,

a tua paz e a tua alegria.

Dá-me a coragem e sabedoria

para confiar de novo na tua promessa.

Afina os meus ouvidos pela tua Palavra

de vida e de esperança.

Ampara os meus passos

no caminho para Ti.

3 de dezembro - sábado da 1ª Semana do Advento

02-12-2022 :: ::

lagrimaLeia: Is 30, 19-21. 23-26 - “…tu não voltarás a chorar.”

Será verdade? Será possível que o Deus do céu desça a esta terra desfigurada por guerras e fomes? A esta terra onde a corrupção dos de sempre leva à miséria de muitos? A esta terra onde os amores são frágeis e duram pouco? A esta terra onde a depressão cansa tantos corações? Será verdade que Deus não Se esqueceu da sua compaixão?

Tu bem sabes como são os meus dias

e os dias dos que têm uma vida

mais dura que a minha.

Alegro-me com a promessa

que virás ao meu encontro

e trarás consolação e dignidade.

Em Ti, na vida abundante e feliz que trazes,

encontro a força para recomeçar a viver.

2 de dezembro - 6ª feira da 1ª Semana do Advento

01-12-2022 :: ::

ysa_17-1559404494488-cathopic-scaledLeia: Mt 9, 27-31 - “«Seja feito segundo a vossa fé». E abriram-se os seus olhos.”

A todos nós, cegos de olhos ou de coração, Jesus oferece uma luz mais pura. Luz onde descobrimos o rosto verdadeiro de Deus e onde percebemos que somos filhos amados.

Jesus, luz do mundo,

abre os meus olhos

para ver os outros,

para os respeitar,

para os acolher,

para os aceitar,

para os amar.

Jesus, abre os meus olhos

para ver os outros como Tu os vês.

1 de dezembro - 5ª feira da 1ª Semana do Advento

30-11-2022 :: ::

download1005Leia: Is 26, 1-6 - “Confiai sempre no Senhor, porque o Senhor é a nossa fortaleza eterna.”

Tens veneno nos lábios? As tuas mãos agressivas feriram os teus irmãos? Procuras razões para justificar o teu egoísmo? A tua vida perdeu o sabor? Acredita que as coisas podem ser diferentes! Confia sempre no Senhor.

Acredito em Ti:

que existes,

que estás perto de mim,

que me queres bem.

Confio em Ti:

nos momentos bons

ou maus do meu caminho,

sei que a tua ternura não me abandona.

Entrego-me a Ti:

na tua força, posso tornar-me melhor.

30 de novembro - Santo André, Apóstolo

29-11-2022 :: ::

download1004Leia: Mt 4, 18-22 - “Vinde e segui-Me e farei de vós pescadores de homens.”

Jesus está a começar a sua missão. E desde o início procura amigos e companheiros que se juntem a Ele. Ontem, Jesus quis contar com Simão e André… E hoje, é a ti que Jesus pede ajuda.

Para viver

e anunciar o Evangelho…

Para curar os feridos…

Para construir pontes…

Para experimentar o perdão…

Para fazer da minha família

um espaço de amor sincero…

Estou disponível

para Te seguir, Jesus.

29 de novembro - 3ª feira da 1ª Semana do Advento

28-11-2022 :: ::

29f30b452be15507db3df39a83230f5eLeia: Lc 10, 21-24 - “Eu Te bendigo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas verdades aos sábios e aos inteligentes e as revelaste aos pequeninos.”

Gosto de saber de tudo, encaixar tudo dentro de esquemas seguros… mesmo se isso me torna incapaz de escutar e de acolher as novidades. Mas este tempo de Advento é um apelo a deixar-me surpreender pela surpresa de Deus.

Obrigado, Deus das novidades,

pelo maravilhoso presente da tua presença.

Peço um coração de criança,

aberto às tuas novidades,

capaz de me alegrar

com o que não esperava.

28 de novembro - 2ª feira da 1ª Semana do Advento

27-11-2022 :: ::

maos-estendidas2Leia: Mt 8, 5-11 -Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa; mas diz uma só palavra e o meu servo ficará curado.”

Muitos de nós sentem-se confusos em relação à fé, a Jesus. Acreditamos, temos dúvidas, apreciamos o papa, não gostamos do pároco, o Evangelho parece fascinante, mas difícil… Somos cristãos, mas pouco praticantes, ou praticantes só de vez em quando… Este Advento é um tempo bom para afinar as ideias e sintonizar o coração com o essencial da fé: esperamos este Jesus que tem amor e poder para curar a vida.

“Senhor, eu não sou digno

de que entreis em minha morada,

mas dizei uma palavra e serei salvo.

Tantas vezes disse na missa estas palavras,

sem as pensar nem sentir…

Mas hoje, com tudo o que sou, digo-Te:

“Diz uma palavra e serei salvo”!

Eu a credito que tu me podes curar,

devolver esperança, trazer paz ao coração.

Sei que não sou digno,

mas acredito que a tua bondade é maior.

27 de novembro - 1º Domingo do Advento

26-11-2022 :: ::

1-domingo-buena-esperanza-300x273Leia: Mt 24, 37-44 - “Estai preparados, porque na hora em que menos pensais, virá o Filho do homem.”

Às vezes, não quero esperar nada. Só quero relaxar, sentir-me bem comigo, aqui…contente com as pequenas recompensas de cada dia. Se calhar, perdi a capacidade de sonhar e desejar um amor mais intenso, um sentido mais profundo, uma esperança que não se esboroe… Mas estas quatro semanas até ao Natal são boa ocasião para acordar a vontade de encontrar algo e alguém, maior e melhor.

É no desejo de Te encontrar, meu Deus,

e não no vaguear de loja em loja

que eu descubro o meu caminho.

É na amizade contigo, Deus da luz,

e não no frenesim das multidões

que o meu coração recupera a alegria.

É na abertura a Ti, Deus que vens ao nosso encontro,

e não nas muitas caixas junto à árvore de Natal

que encontrarei aquilo que há tanto tempo procuro.

26 de novembro - sábado da 34ª Semana do Tempo Comum

25-11-2022 :: ::

download1003Leia: Lc 21, 34-36 - “Vigiai, pois, orando sem cessar…”

Senhor, Deus das surpresas, exortas-me, por Jesus, a não me deixar surpreender pelo imprevisto. Sou tão distraído e tenho tanta dificuldade em não me deixar derrubar pelas preocupações do dia a dia!

Concede-me a graça de, em todas as circunstâncias, previstas ou não,

eu reconhecer que és Tu que bates à minha porta

e me convidas a caminhar contigo na alegria e na paz,

bem consciente de que sou permanentemente

amado por um Deus que só quer o meu bem.